Posts Tagged ‘mandala dos alimentos’

Mandala dos Alimentos

“O primeiro passo para uma real transformação começa com a busca do saber. O conhecimento liberta e a sabedoria ilumina.” (Maria Laura Packer)

A Mandala dos Alimentos simboliza o universo dos alimentos vegetais, é divido em sete grupos relacionados com a categoria de cada um e suas características, propriedades e valores nutricionais. No quadro temos todos os componentes nutricionais para manter o equilíbrio das funções orgânicas diariamente, que nos garantem a saúde e a vitalidade física e mental. Para formar um prato bem feito – o básico de uma boa refeição – precisamos de um dos cereais, um dos feijões, uma das sementes, uma das raízes, um dos legumes e folha verdes.

Fonte: Vegetarianismo sustentando a vida – Maria Laura Garcia Packer, 2007

  1. Os cereais simbolizam o celeiro da vida. São alimentos básicos de toda civilização. Dão-nos energia, vitalidade e forças para recriarmos as experiências da vida a cada momento, são ricos no complexo vitamínico B, fibras, carboidratos, lipídios e aminoácidos.
  2. As leguminosas representadas, na sua maioria pelos feijões, ricos em proteínas e minerais como cálcio, ferro, zinco e magnésio. Nutrem na sua plenitude, sustentam, e dão força e poder físico.
  3. As raízes têm um papel importante na alimentação, trazem a força da terra e os nutrientes minerais que de necessitamos para a manutenção do corpo. Ricas em fibras que ajudam no peristaltismo intestinal, em sais minerais responsáveis pelo equilíbrio sódio/potássio do organismo, como também micronutrientes importantes e a desintoxicação do corpo.
  4. Os legumes têm um papel importantíssimo na manutenção do corpo, pois são fontes ricas de vitaminas e sais minerais. Representam o equilíbrio entre a força (raízes) e a suavidade (folhas), gerando na nossa psique um senso interno de equilíbrio e serenidade.
  5. Os vegetais são todas as folhas verdes comestíveis, ricas em vitaminas A, C, D, E, sais minerais, e ainda, cálcio, ferro, magnésio e vários outros. É clorofila pura que ajuda a renovar o sangue, e a celulose limpa o trato digestivo. As folhas recebem a luz do sol, o qual constitui uma energia vital e magnética necessária ao aspecto espiritual da vida.
  6. As sementes representam alimento dos deuses. Portadoras de energia concentrada e de poder incalculável. E mais, fonte de proteína, lipídios, zinco, silêncio, silício, cálcio, ferro e fibras.
  7. As frutas representadas por várias formas, cores e sabores, capazes de nutrir o que há de mais sutil no plano da consciência. São ricas em frutose – açúcar natural da fruta – vitaminas e minerais tão necessários à saúde do homem. É importante observar a combinação das frutas, evitando a fermentação e a dificuldade digestiva. Abaixo segue a combinação entre os grupos de furtas:
  • Frutas doces: mamão, banana, figo
  • Frutas semi-ácidas: ameixa, caqui, amora, goiaba, maça, pêra, uva, manga
  • Frutas ácidas: abacaxi, tangerina, laranja, limão morango, acerola

Segundo, Maria Laura Packer, as frutas doces combinam com frutas semi-ácidas e frutas doces entre si. Frutas ácidas combinam somente com frutas ácidas. Melancia e melão não combinam entre si e nem com outro alimento. Se comem sozinhos.

Conforme mudam as estações, devemos modificar a quantidade de cada elemento nutricional. No outono/inverno, deve-se aumentar o consumo de feijões, sementes, cereais e raízes. Na primavera/verão deve-se aumentar o consumo de frutas, legumes, folhas, cereais.