Bem vindo

“A mandala é a FORMA mesma da VIDA, do crescimento a partir de um ponto  nutritivo que proporciona energia ao conjunto.  É a imagem do constante ir e vir entre o interior e o exterior, do movimento vital de todo ser, que oscila entre a expansão e a volta ao centro para encontrar nele a fonte. É a força centrífuga que estimula a criança a explorar seu próprio ‘eu’, e  a força centrípeta, que devolve ao adulto a introspecção.”

Montserrat Vidal

Apresentação

Se alimentar bem, fazer exercícios físicos e viver de maneira saudável. Essa fórmula poderia até parecer um modismo até alguns anos atrás. Mas a realidade é que esse estilo de vida ganha, a cada dia, mais e mais adeptos entre a população brasileira.

Pensando nisso, o Blog Mandala dos Sabores, aproveita para inovar no cenário de alimentação alternativa, trazendo para o público virtual mais que um conceito de viver bem, mas a aliança entre o bom paladar e a saúde, por meio de receitas vegetarianas (testadas) sem leite, sem ovos, sem açúcar e sem glúten, simples e fáceis de fazer. Espero que aproveitem bem, pois foram feitas com muito amor!

É importante dizer aos leitores que o material disponível neste Blog é de minha autoria. Foi construído com pesquisas feitas em fontes seguras e fidedignas e as receitas foram testadas por mim.  Trata-se de um blog sério e ético, que procura disponibilizar informação de especialistas e profissionais com credibilidade de diversas áreas de atuação.

O Blog Mandala dos Sabores nasceu da vontade de compartilhar com o público virtual uma experiência exitosa de cura, por meio da reeducação alimentar. Meu nome é Lucelena Melo, sou vegetariana, nasci em Goiás, terra do pequi, guariroba e jabuticaba. Adoro cozinhar e criar novas receitas – é um momento de puro prazer preparar minha comida! Não gosto de fazer pratos repetidos, sempre adiciono algo novo – o prato tem que ser bem colorido, ter ingredientes frescos e o mais natural possível. Para que também seja nutritivo, é importante saber a função nutricional de cada alimento para o organismo.

Na criação das receitas me inspiro na comida vegetariana e Indiana. Adoro as especiarias indianas como cardamomo, pimenta-do-reino, pimenta dedo de moça, açafrão gengibre, canela, cravo, além de muita erva e cheiro verde – os condimentos ajudam no processo digestivo e aumentam a imunidade do organismo – a comida caseira, goiana (da mamãe) que, aliás, é deliciosa, teve uma grande influência nos meus pratos.

A partir de 2006 (já era vegetariana), meu organismo se manifestou intolerante ao trigo, à lactose e ao açúcar. Segundo o Doutor Geraldo Henrique
Mascarenhas (homeopata/ortomolecular), o trigo provoca gases e inchaço no intestino; a lactose propicia a infecção e artrite; o excesso de açúcar acelera o envelhecimento das células, provoca hipoglicemia e diabetes.  Mas nossa vida é feita de atitudes – ao invés de reclamar que não poderia comer maisteu medicamento tanta coisa deliciosa, por exemplo, o queijo e o pão, e motivada pelo tratamento médico, resolvi criar receitas alternativas e ser feliz. Estou nesse mundo
para ser feliz e nada mais!! Curei-me por meio da reeducação alimentar.  Somos o que comemos – “Faça do seu alimento o seu remédio e do seu remédio, o seu alimento” (Hipócrates).

Motivando a reeducação alimentar

Este novo espaço – Blog Mandala dos Sabores surge para um bate-papo gostoso sobre alimentação alternativa. O que é alimentação alternativa? É uma alimentação rica, nutritiva, saudável, menos gordurosa e de fácil digestão, que mantém o metabolismo em ordem e proporciona maior qualidade de vida ao ser humano. É poder ingerir durante as refeições uma comida rica e equilibrada, ou seja, um prato bastante colorido, com legumes, vegetais, cereais, grãos e frutas, os quais geram carboidrato e proteína na medida certa que o nosso organismo necessita, ajudando a produção ideal de insulina e glicose, além, claro, das ervas utilizadas como temperos e chás que ajudam no processo digestivo.

Enfim, podemos comer de tudo, desde que seja de maneira equilibrada. Ser saudável e ter uma boa saúde só dependem de nós.  Eu quero me manter saudável e jovem, e você? Nunca é tarde para começar algo!

Criando condições para uma saúde com qualidade

Comer de maneira correta e inserir exercícios físicos na sua rotina não só mantém o peso dentro do ideal, como aumenta a qualidade (e os anos) de vida, evitando assim doenças cada vez mais comuns, como câncer, diabetes, hipertensão, artrite e problemas cardíacos.

Sempre é um bom momento para repensar o que comemos e reeducar os hábitos alimentares – nossa alimentação diária deve ser rica, nutritiva e deliciosa ao paladar. Nós, no ocidente, comemos por que achamos gostoso e agradável ao paladar. Esquecemos qual é a verdadeira função do alimento que ingerimos – sua principal função é nutrir o corpo, mente e espírito – nossa refeição tem que ser equilibrada, ou seja, no prato uma refeição básica tem que ter: carboidrato, proteína, vitaminas, minerais, folhas verdes e frutas. Segundo os grandes especialistas, temos que comer a cada três horas. As principais refeições são: café da manhã, almoço e jantar. No intervalo delas (10h, 16h e 21h ) é aconselhável comer uma fruta ou tomar chá. É importante tomar muita água, no mínimo 2 litros por dia – hidrata a pele e cabelo, ajuda o intestino a funcionar melhor e, consequentemente, a emagrecer e manter o peso.

Legumes grelhado com broto de alfafa

Não sabe o que fazer pro almoço? Veja a dica de prato saudável, nutritivo, prático e rápido (30 minutos)

Ingredientes

  • Batata doce cortada em pedaços finos
  • cenoura cortada em pedaços finos
  • quiabo
  • maça cortada em quatro pedaços
  • tomate cereja
  • Proto de alfafaTemperos
  • alecrim fresco

Temperos

  • sal do himalaia
  • azeite
  • curry
  • pimenta do reino

Modo de fazer

Coloque numa assadeira todos os ingredientes, acrescente os temperos. Leve ao forno quente 180 graus por 20 minutos ou até dar o ponto de seu paladar. Vá mexendo para assar igual. esse foi feito na Air Fryer.

Foto/receita: Lucelena Melo

 Se quiser compartilhar ou publicar, link diretamente a receita original, mencionando os créditos de criação. Obrigada!!

Pasta de ariche

Pasta de ariche: leve, saborosa, nutritiva e prática para todas as horas!

Ingredientes

  • 1 bola de ariche sem pimenta
  • Sal do himalaia, noz-moscada ralada, pimenta do reino, raspa de limão, orégano, hortelã fresco e azeite a gosto

Modo de fazer

Amasse o ariche, acrescente o sal, pimenta do reino, noz-moscada, raspa de limão, orégano e hortelã cortado bem fininho. azeite  e misture até ficar homogêneo. Sirva como entrada, no pão, torradas, em saladas. Rico em cálcio. Humm…tudo de gostoso!

Foto/receita: Lucelena Melo

 Se quiser compartilhar ou publicar, link diretamente a receita original, mencionando os créditos de criação. Obrigada!!

Chips de coco

Chips de coco: crocante, rico em fibras e fácil de fazer. Combina com tudo!!!

Ingredientes

  • 1 coco seco
  • Sal rosa do himalaia

Modo de fazer

Tire a casca marrom da castanha. Rale em fina tira. Coloque em uma forma e polvilhe sal por cima. Leve ao forno quente a 120 graus por cerca de 20 minutos. Mexa  para dourar igual.  Outra opção rápida é usar a airfryer (fiz na airfryer). Sirva como aperitivo, na salada, em sopas, no lanche. Humm…tudo de gostoso!

Foto/receita: Lucelena Melo

 Se quiser compartilhar ou publicar, linke diretamente a receita original, mencionando os créditos de criação. Obrigada!!

 

Moqueca vegana

Ingredientes

  • 3 tomates sem pele e sementes cortados em fina rodela
  • 1 pimentão vermelho cortado em fina rodela
  • 1 pimentão amarelo cortado em fina rodela
  • 2 bananas da terra (não muito madura) cortadas em rodela
  • 600 ml de leite de coco (fresco)
  • Salsa a vontade
  • Sal do himalaia, azeite, pimenta e curry a gosto

Modo de fazer

Coloque na panela um pouquinho de azeite, uma camada de tomate, uma camada de pimentão vermelho, uma camada de pimentão amarelo, uma camada de banana, mais uma camada de tomate. Coloque os temperos entre as camadas. Leve ao fogo por cinco minutos. Depois acrescente o leite de coco e deixe cozinhar mais 2 minutos em fogo baixo. Sirva com arroz e farofa de sua preferencia, ou coma sozinha como eu comi. Hummm…tudo de gostoso!!

Bati o coco e não coei. Ficou mais grosso por causa da fibra.

Foto/receita: Lucelena Melo

 Se quiser compartilhar ou publicar, linke diretamente a receita original, mencionando os créditos de criação. Obrigada!!

 

 

 

 

 

 

Pizza de Acelga

Pizza de Acelga, sem glúten e lactose…simplesmente fácil de fazer, saborosa e nutritiva. Experimente!

Ingredientes

  • tapioca
  • acelga
  • tomate cereja
  • flocos de amaranto
  • maça
  • uva-passa
  • semente de girassol
  • folhas frescas de manjericão

Modo de fazer

Usei a tapioca como base. Coloquei acelga picada, maça, tomate cereja, flocos de amaranto, uva-passa, semente de girassol e folhas de manjericão. Em cinco minutos você faz essa deliciosa e nutritiva pizza sem glúten e lactose. Bon appétit!! Humm…tudo de gostoso!

Foto/receita: Lucelena Melo

 Se quiser compartilhar ou publicar, linke diretamente a receita original, mencionando os créditos de criação. Obrigada!!

Hambúrguer de tapioca

Use sua criatividade e faça o seu melhor prato!

Ingredientes:

  • 250 gr de tapioca fresca
  • 2 inhames pequenos cosidos e amassados
  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • 1 colher (café) de bicarbonato de sódio
  • 1 colher (sopa) de vinagre de maça
  • sal do himalaia, curry, pimenta-do-reino, cheiro verde, noz-moscada a gost0

Modo de fazer

coloque num recipiente a tapioca, o inhame  e os demais ingredientes. Misture a massa até ficar homogênea. Faça o hambúrguer, coloque na assadeira. Leve ao forno quente 180ºC por cerca de 35 minutos. Hummm…tudo de gostoso!

Foto/receita: Lucelena Melo

 Se quiser compartilhar ou publicar, linke diretamente a receita original, mencionando os créditos de criação. Obrigada!!

Chips de inhame

 É crocante, saudável, combina com qualquer prato, barato e muito fácil de fazer!!!

Descasque um inhame médio. Corta em finas rodelas. Coloque na Air Fryer, em seguida, coloque sal do Himalaia, pimenta-do-reino, alecrim fresco e azeite. Ligue a 160º por cerca de 20 minutos. Mexa para não grudar até dourar. Humm…tudo de gostoso!!

Foto/receita: Lucelena Melo

 Se quiser compartilhar ou publicar, linke diretamente a receita original, mencionando os créditos de criação. Obrigada!!