Bem vindo

“A mandala é a FORMA mesma da VIDA, do crescimento a partir de um ponto  nutritivo que proporciona energia ao conjunto.  É a imagem do constante ir e vir entre o interior e o exterior, do movimento vital de todo ser, que oscila entre a expansão e a volta ao centro para encontrar nele a fonte. É a força centrífuga que estimula a criança a explorar seu próprio ‘eu’, e  a força centrípeta, que devolve ao adulto a introspecção.”

Montserrat Vidal

Anúncios

Apresentação

Se alimentar bem, fazer exercícios físicos e viver de maneira saudável. Essa fórmula poderia até parecer um modismo até alguns anos atrás. Mas a realidade é que esse estilo de vida ganha, a cada dia, mais e mais adeptos entre a população brasileira.

Pensando nisso, o Blog Mandala dos Sabores, aproveita para inovar no cenário de alimentação alternativa, trazendo para o público virtual mais que um conceito de viver bem, mas a aliança entre o bom paladar e a saúde, por meio de receitas vegetarianas (testadas) sem leite, sem ovos, sem açúcar e sem glúten, simples e fáceis de fazer. Espero que aproveitem bem, pois foram feitas com muito amor!

É importante dizer aos leitores que o material disponível neste Blog é de minha autoria. Foi construído com pesquisas feitas em fontes seguras e fidedignas e as receitas foram testadas por mim.  Trata-se de um blog sério e ético, que procura disponibilizar informação de especialistas e profissionais com credibilidade de diversas áreas de atuação.

O Blog Mandala dos Sabores nasceu da vontade de compartilhar com o público virtual uma experiência exitosa de cura, por meio da reeducação alimentar. Meu nome é Lucelena Melo, sou vegetariana, nasci em Goiás, terra do pequi, guariroba e jabuticaba. Adoro cozinhar e criar novas receitas – é um momento de puro prazer preparar minha comida! Não gosto de fazer pratos repetidos, sempre adiciono algo novo – o prato tem que ser bem colorido, ter ingredientes frescos e o mais natural possível. Para que também seja nutritivo, é importante saber a função nutricional de cada alimento para o organismo.

Na criação das receitas me inspiro na comida vegetariana e Indiana. Adoro as especiarias indianas como cardamomo, pimenta-do-reino, pimenta dedo de moça, açafrão gengibre, canela, cravo, além de muita erva e cheiro verde – os condimentos ajudam no processo digestivo e aumentam a imunidade do organismo – a comida caseira, goiana (da mamãe) que, aliás, é deliciosa, teve uma grande influência nos meus pratos.

A partir de 2006 (já era vegetariana), meu organismo se manifestou intolerante ao trigo, à lactose e ao açúcar. Segundo o Doutor Geraldo Henrique
Mascarenhas (homeopata/ortomolecular), o trigo provoca gases e inchaço no intestino; a lactose propicia a infecção e artrite; o excesso de açúcar acelera o envelhecimento das células, provoca hipoglicemia e diabetes.  Mas nossa vida é feita de atitudes – ao invés de reclamar que não poderia comer maisteu medicamento tanta coisa deliciosa, por exemplo, o queijo e o pão, e motivada pelo tratamento médico, resolvi criar receitas alternativas e ser feliz. Estou nesse mundo
para ser feliz e nada mais!! Curei-me por meio da reeducação alimentar.  Somos o que comemos – “Faça do seu alimento o seu remédio e do seu remédio, o seu alimento” (Hipócrates).

Motivando a reeducação alimentar

Este novo espaço – Blog Mandala dos Sabores surge para um bate-papo gostoso sobre alimentação alternativa. O que é alimentação alternativa? É uma alimentação rica, nutritiva, saudável, menos gordurosa e de fácil digestão, que mantém o metabolismo em ordem e proporciona maior qualidade de vida ao ser humano. É poder ingerir durante as refeições uma comida rica e equilibrada, ou seja, um prato bastante colorido, com legumes, vegetais, cereais, grãos e frutas, os quais geram carboidrato e proteína na medida certa que o nosso organismo necessita, ajudando a produção ideal de insulina e glicose, além, claro, das ervas utilizadas como temperos e chás que ajudam no processo digestivo.

Enfim, podemos comer de tudo, desde que seja de maneira equilibrada. Ser saudável e ter uma boa saúde só dependem de nós.  Eu quero me manter saudável e jovem, e você? Nunca é tarde para começar algo!

Criando condições para uma saúde com qualidade

Comer de maneira correta e inserir exercícios físicos na sua rotina não só mantém o peso dentro do ideal, como aumenta a qualidade (e os anos) de vida, evitando assim doenças cada vez mais comuns, como câncer, diabetes, hipertensão, artrite e problemas cardíacos.

Sempre é um bom momento para repensar o que comemos e reeducar os hábitos alimentares – nossa alimentação diária deve ser rica, nutritiva e deliciosa ao paladar. Nós, no ocidente, comemos por que achamos gostoso e agradável ao paladar. Esquecemos qual é a verdadeira função do alimento que ingerimos – sua principal função é nutrir o corpo, mente e espírito – nossa refeição tem que ser equilibrada, ou seja, no prato uma refeição básica tem que ter: carboidrato, proteína, vitaminas, minerais, folhas verdes e frutas. Segundo os grandes especialistas, temos que comer a cada três horas. As principais refeições são: café da manhã, almoço e jantar. No intervalo delas (10h, 16h e 21h ) é aconselhável comer uma fruta ou tomar chá. É importante tomar muita água, no mínimo 2 litros por dia – hidrata a pele e cabelo, ajuda o intestino a funcionar melhor e, consequentemente, a emagrecer e manter o peso.

Os benefícios da farinha e biomassa de banana verde

A banana verde é um alimento que traz muitos benefícios à saúde devido a presença de amido resistente em sua composição. O teor de amido resistente na banana verde é cerca de duas vezes maior do que na fruta madura, com o amadurecimento a substância é convertida em açúcar.

 Quais são as vantagens?

Saúde intestinal: o amido resistente é fermentado pelas bactérias presentes no intestino, favorecendo a produção dos ácidos graxos de cadeia curta que auxiliam na manutenção da integridade e na saúde do intestino.

Controle da glicemia e do peso corporal: o amido resistente torna mais lenta a digestão de carboidratos, o que auxilia no controle da liberação de glicose (açúcar) na corrente sanguínea. Isso pode auxiliar no controle de peso, pois impacta em menor liberação de insulina, o principal hormônio relacionado ao acúmulo de gordura corporal.

Redução do colesterol total e LDL: a farinha e a biomassa de banana verde reduzem a absorção de gorduras pelo intestino e podem ser utilizadas como estratégia nutricional para o controle dos lipídeos no sangue.

Controle do apetite: A adição de farinha de banana verde na dieta evita o aumento da grelina (principal hormônio da fome) a redução de leptina (hormônio responsável pela saciedade). O consumo de 1 colher (chá) de farinha de banana verde misturada em um copo de água, cerca de 1 hora a 30 minutos antes das principais refeições, pode ser uma estratégia para controlar a fome.

 Como usar?

A biomassa e a farinha de banana verde podem ser consumidas em sucos, vitaminas, frutas picadas, iogurtes e em preparações culinárias como pães, bolos e massas.

Fonte: https://paolamachado.blogosfera.uol.com.br/2018/12/04/os-beneficios-e-como-fazer-farinha-e-biomassa-de-banana-verde/

Crédito da foto: iStock

Massa de arroz preto

Ingredientes

  • 1 xícara de (chá) de masa de arroz preto
  • 2 colheres (sopa) de broto de lentilha
  • 2 colheres (sopa) de vagem
  • 2 colheres (sopa) de pimentão vermelho e amarelo
  • 2 colheres (sopa) de cenoura pica em cubo
  • 6 tomates cereja picado ao meio
  • Brócolis a gosto
  • Sal, azeite, pimenta-do-reino, alecrim fresco a gosto

Modo de fazer

Cozinhe o macarrão. Reserve. Numa frigideira coloque o azeite, temperos e demais ingredientes. Depois de cozido acrescente o macarrão. Mexa e sirva quente com torradas ou queijo. Bon appétit!! Hummm…tudo de gostoso!

 

Receita/foto: Lucelena Melo

Se quiser compartilhar ou publicar, link diretamente a receita original, mencionar os créditos de criação. Grata!!

 

Alimentos que diminuem a fadiga 

A melhor forma de gerar energia para o nosso corpo e deixar a fadiga de lado é ser adepto a uma alimentação saudável e equilibrada mais atividade física continua.

Quais os alimentos podem encontrar tais nutrientes?

São vários como: salsinha, chá verde, pimentões verdes, kiwi, mamão, pêra, maça, aveia, sementes de abobora, chia e girassol, lentilha, amêndoas, avelã, castanha-do-pará, caju, amendoim, nozes, folhas verde escura, como couve, espinafre, brócolis, aspargos e acelga.

Fonte: vidafuncionaloficial

Homus

Ingredientes

  • 1 xícara (chá) de grão-de-bico cozido (deixe de molho na água por 24 horas)
  • ½ xícara (chá) do caldo do cozimento do grão-de-bico (ou acrescente mais para dar a textura desejada
  • ½ xícara (chá) de suco de limão
  • 3 colheres (sopa) de tahine (pasta de gergelim)
  • Uma pita de açafrão
  • Sal, pimenta-do-reino a gosto

Modo de fazer

Coloque todos os ingredientes no liquidificador. Bata até ficar uma massa homogênea. Servir como entrada, acompanhamento de molhos e pasta com pães. Rico em selênio e proteína. Aproveite bem. Hummm….tudo de gostoso!!

Receita/foto: Lucelena Melo

Se quiser compartilhar ou publicar, link diretamente a receita original, mencionar os créditos de criação. Grata!!

Grãomelete

Grãomelete receita fácil, prática, saborosa, nutritiva para ser servida no café da manhã, no almoço e no lanche. Experimente!!

Ingredientes

  • 4 colheres (sopa) de farinha de grão de bico
  • 1 colher (sopa) de linhaça dourada
  • 1 colher (sopa) de chia
  • 1 colher (sopa) de azeite
  • 1 xícara (café) de água
  • Sal, pimenta-do-reino, orégano, alecrim fresco, açafrão a gosto

Modo de fazer

Numa bacia misture todos os ingredientes e coloque água até dar o ponto na massa. Misture até ficar homogênea (a massa fica mais mole). Coloque numa frigideira em jogo médio. Deixe cozinhar de um lado depois vire. Rico em proteína, selênio, fibra, cálcio e ferro. Hummm….Tudo de gostoso!!!

Receita/foto: Lucelena Melo

Se quiser compartilhar ou publicar, link diretamente a receita original, mencionando os créditos de criação. Obrigada!!

 

Macarrão sem glúten com legumes

Ingredientes:

  • Macarrão sem glúten (usei de mandioca)
  • Brócolis
  • Shitake (cogumelo)
  • Tomate cereja
  • Cenoura
  • Azeite
  • Gojiberry
  • Sal, alecrim fresco, pimenta, cheiro a gosto

Modo de fazer

Numa frigideira refogue os legumes com os temperos e azeite (a quantidade depende para quantas pessoas). Cozinhe o macarrão e junte ao legumes. Simples, pratico e nutritivo. Humm…tudo de gostoso!!

Receita/foto: Lucelena Melo

Se quiser compartilhar ou publicar, link diretamente a receita original, mencionando os créditos de criação. Obrigada!!

 

 

 

Especiárias que têm propriedades terapêuticas

Já pensou substituir o sal de cozinha por especiarias? As especiarias são bastante usadas na cunilária indiana – elas dão à comida o sabor, o aroma,  e têm propriedades terapêuticas, fazendo com que a comida fique de fácil digestão, e ainda, diminui a quantidade de sódio ingerida, o que leva a hipertensão, AVC e problemas nos rins. A Organização Mundial de Saúde recomenda consumir apenas cinco gramas de sal por dia. Tal dieta evita obesidade e oferece menos risco para o coração.

São elas: curry, cravo, pimenta, açafrão, cardamomo, cominho, gengibre, canela, anis, noz-moscada e assa-fétida. Além das ervas como: hortelã, manjericão, alecrim, orégano e cebolinha.

Fonte:https://vivabem.uol.com.br