Archive for novembro \29\UTC 2014

Abóbora japonesa ao forno com alecrim

A abóbora é docinha e concentra mais o sabor quando vai ao forno

Ingredientes

  • 1 abóbora japonesa média
  • 2 colheres (sopa) de azeite de oliva
  • ½ colher (chá) de sal marinho
  • Alecrim fresco a gosto

bela-ep_vegetais_abobora-1920Modo de fazer
Pré aqueça o forno a 200° C. Lave a abóbora e corte-a em pedaços pequenos (com a casca). Misture a abobora com o sal e azeite numa tigela. Passe a abobora para uma assadeira ou pirex, salpique um pouco de alecrim. Leve ao forno por 30 minutos.

Receita/foto: www.gnt.globo.com/receitas – Bela Gil

Anúncios

Salada antioxidante

Dica para quem quer unir praticidade, nutrição de qualidade e ingredientes com propriedades antioxidantes e até anti-inflamatórias.

 Ingredientes

  • folhas de alface mimosa
  • 2 tomates orgânicos maduros
  • 1 abacate tamanho médio maduro
  • Azeitona preta, coentro e sal a gosto

salada-antioxidante-400x220

Modo de fazer

Depois de lavar bem a alface, os tomates e o abacate, deixe tudo de molho com algumas gotinhas de limão e/ou vinagre em água filtrada. Seque-os e corte os tomates e o abacate no sentido longitudinal. Arrume a alface na saladeira, em seguida comece a dispor os pedaços de tomate e abacate sobre as folhas de alface. Por cima coloque o coentro bem picadinho e, por último, as azeitonas (depois de tê-las colocado de molho para diminuir o sódio).

Fonte: lar-natural.com.br/recettes/salada-antioxidante – consultora Maria Fernanda

Mandala dos Sabores, o mundo segue!

Com imensa alegria que Mandala dos Sabores celebra mais de 100 mil acessos, ao redor do mundo, nesses 2,5 anos de vida. O nosso agradecimento a cada internauta, a cada um que acredita na proposta do Mandala de que é possível se alimentar com qualidade e de forma saudável o corpo, a mente e o espírito. HUMM…TUDO DE GOSTOSO!!!

 “Teu alimento, é teu medicamento”!!

UHAAAU! 100 mil acessos NOV14

Os benefícios da biomassa de banana verde

A biomassa de banana verde tem sido muito usada por quem procura uma alimentação saudável e, acima de tudo, funcional. Ela tem muitos benefícios e aplicações para deixar suas receitas de bolos, tortas, pães, sucos e molhos bem mais nutritivas e saudáveis.

 O que é biomassa de banana verde?
É uma massa feita de banana verde cozida, com textura de purê, que é acrescentada nas receitas e age como um espessante, substituindo leite condensado, creme de leite, maionese, etc. Não tem gosto de banana e não altera o sabor dos alimentos. É tido como um alimento funcional muito saudável!

Por que alimento funcional?
A biomassa de banana verde apresenta uma grande quantidade de amido resistente que não é digerido nem absorvido pelo organismo, como as fibras!

No intestino, a biomassa fortalece as bactérias boas, melhorando a capacidade de absorção de nutrientes, estimulando o sistema imunológico, auxiliando no bom funcionamento do trânsito intestinal, bem como reduzindo a absorção de colesterol e açúcar do sangue, contribuindo para a saúde dos ossos e músculos.

É rica em vitamina A, B1, B2, minerais essenciais como magnésio, potássio, fósforo e sódio, e antioxidantes. Suas fibras aumentam a saciedade, diminuindo a ingestão calórica, sendo, portanto, uma ótima aliada da sua dieta de emagrecimento.

Também é uma ótima opção para pessoas que têm restrição alimentar ao glúten e à lactose. Nas receitas “gluten free”, a biomassa de banana verde melhora a textura, deixando-as mais macias.

beneficios-biomassa-banana-verde
Receita de biomassa de banana verde
Para fazer a sua biomassa de banana verde, separe 8 bananas nanicas bem verdes sem tirar os talos e lave-as com água e sabão.

Coloque água suficiente para cobrir as bananas em uma panela de pressão e leve ao fogo. Quando a água estiver fervendo, acrescente as bananas e feche a panela, deixando em fogo alto até pegar pressão. Assim que começar apitar, conte 10 minutos no fogo baixo, desligue e deixe sair a pressão naturalmente.

Assim que terminar a pressão, retire as bananas quentes da água, descasque com ajuda de um pegador e faca, e passe a polpa das bananas (sem a casca) no processador ou no liquidificador, ainda quentes, e você já tem sua biomassa.

A massa é pesada, se for usar o liquidificador, coloque um pouco de água mineral quente (não a do cozimento) para ajudar a bater.

Congele em pequenas porções e, para usar, descongele na temperatura ambiente e depois leve ao fogo com um pouco de água, mexendo até que fique homogênea. Lembre-se que quanto mais fogo, mais grossa ela fica!

Fonte: larnatural.com.br/alimentação funcional

Os Hábitos cotidianos que danificam o cérebro

Cuide de seu cérebro adotando um estilo de vida saudável

CEREBRO 11 HABITOSVocê não sabe o que está acontecendo: se sente cansando, não pode se concentrar, se esquece das coisas, mas o mais estranho é somente acontece quando você realiza determinadas ações como levantar cedo e não comer nada até à tarde ou se estressar muito no trabalho. O problema é que você está se esquecendo de cuidar de uma parte essencial de seu organismo: o cérebro.

Nosso cérebro é um órgão extremamente complexo e delicado que intervém de maneira direta ou indireta em todos os processos corporais: regula funções homeostáticas como as batidas do coração, o balanço dos fluídos, a pressão sanguínea, o equilíbrio hormonal e a temperatura corporal e é responsável pelo movimento, a cognição, o aprendizado, a memória e as emoções humanas. Não é de se estranhar então que o estilo de vida que levamos possa influenciar de forma notável no correto funcionamento do cérebro e, portanto, em nossa saúde em geral.

De acordo com numerosos estudos científicos a maneira que levamos nossa vida pode danificar a curto ou em longo prazo as células cerebrais, e logo, as funções que realizam, implicando no desenvolvimento de doenças degenerativas e muitas outras afecções. Por outro lado, realizar atividades positivas como uma alimentação balanceada e atividade física ativa nosso cérebro e o torna saudável.

 Enfim, cuide de seu cérebro adotando um estilo de vida saudável:

  • Coma adequadamente incorporando deliciosas frutas e vegetais que estimularão a atividade cerebral. Também é recomendável a ingestão de alimentos ricos em ômega-3, gordura que favorece a comunicação entre os neurônios.
  • Tomar três ou quatro xícaras de chá por dia melhorará sua memória em curto e longo prazo e reduzirá o risco de sofrer com o Alzheimer e Parkinson.
  • Realize exercícios físicos habitualmente.
  • Evite as drogas, o tabaco e o álcool.
  • Durma o necessário.
  • Tenha sempre pensamentos positivos.

Veja os hábitos cotidianos que danificam o cérebro:

1. Não tomar o café da manhã

café da manhã é a refeição mais importante do dia, já que influencia notavelmente no nosso rendimento, resistência e situação emocional. Durante as primeiras horas do dia nosso cérebro precisa de nutrientes para continuar “dirigindo” os processos fisiológicos logo depois do longo jejum na qual foi submetido. Se não damos o que o cérebro necessita ele utilizará as reservas e terá que fazer um esforço excessivo para manter seu correto funcionamento. A ausência desta refeição pode ocasionar grande alteração, perda da concentração e memória, mau humor e baixo rendimento físico e intelectual. Tome o café da manhã de forma substanciosa e saudável.

2. Fumar

O terrível hábito de fumar reduz consideravelmente a massa encefálica assim como o fornecimento de oxigênio para o cérebro e foi comprovado que favorece a aparição de doenças neurodegenerativas como a doença de Alzheimer. Por outro lado, as aminas heterocíclicas liberadas durante a combustão de um cigarro interferem na correta replicação do DNA dando lugar a mutações que provocam a formação de células cancerígenas.

3. Consumo elevado de açúcares

O predomínio de açúcares refinados, farinhas brancas, alimentos fritos e embutidos em nossa dieta, enquanto carece de quantidades suficientes de vegetais, frutas e fibras, favorece a acumulação de substâncias nocivas em nosso corpo, favorece o desenvolvimento de tumores, entorpece o funcionamento do sistema imune, causa má nutrição e interfere no desenvolvimento neurológico.

4. Exposição constante a ambientes contaminados

O cérebro precisa de um constante fornecimento de oxigênio, mas diversas substâncias tóxicas podem interferir com a troca de gases, o transporte e o processo de incorporação do oxigênio nas células, dando lugar à redução da eficiência cerebral.

5. Dormir pouco

Precisamos dormir 8 horas diárias para que nosso cérebro descanse, para que os processos metabólicos com a conseguinte obtenção de energia sejam realizados adequadamente, assim como a renovação celular. Privar-se de sono acelera a morte das células cerebrais em curto prazo e nos mantém cansados e de mau humor todo o dia.

6. Comer em excesso

Ingerir alimentos que nosso corpo não necessita provoca a acumulação das substâncias extras em forma de gordura e no endurecimento das artérias cerebrais o que intervém no correto desempenho do cérebro.

7. Álcool

O álcool pode causar estragos em todos os órgãos, principalmente no sistema nervoso, no fígado e no coração. Ele interfere nas reações químicas que ocorrem no cérebro. Além disso, o alcoolismo provoca morte de neurônios e reduz a velocidade de transmissão dos impulsos nervosos entre eles.

8. Reações violentas ou estresse prematuro

O estresse provoca múltiplas reações em nosso sistema nervoso, algumas delas causam uma redução na capacidade mental, além de aumentar o risco de sofrer derrames cerebrais e infartos.

9. Cobrir a cabeça enquanto dorme

Dormir com a cabeça coberta aumenta a concentração de gás carbônico e reduz a de oxigênio, o que pode ocasionar efeitos danosos no cérebro.

10. Forçar o cérebro durante uma doença

Trabalhar muito ou estudar em excesso estando doente é ruim, dado que a energia de seu corpo está desviada para curar. Forçar o cérebro durante esta etapa pode ocasionar uma redução de sua eficácia, além de debilitar ainda mais seu sistema imunológico facilitando a aparição das mais variadas doenças.

11. Falta de estímulos e exercícios mentais

Nada como pensar, ter conversas inteligentes, ler um livro ou fazer palavras-cruzadas para estimular nosso cérebro: aumenta a capacidade de aprendizado e a memória, assim como a velocidade de reação ante estímulos.

Fonte: melhorcomsaude.com

Damasco rico em vitaminas e fibras

O damasco é um fruto de origem chinesa, rico em vitamina B9 (ácido fólico), antioxidantes como a vitamina C, vitamina E, betacaroteno, além de minerais como ferro, potássio e magnésio. Rico em fibras também auxilia no funcionamento intestinal. Também é fonte do aminoácido triptofano, que é precursor do hormônio Serotonina, responsável pela sensação de bem estar. Ótima opção para ser usado como pequenos lanches, em saladas, bolos e várias outras preparações!!!!!

Damasco

 

Fonte: Nutricionista Ana Cristina Chaves Amador

Pizza de tapioca com tofu e shitake

Pizza de tapioca com tofu e shitake é opção saborosa e leve.

tapioca é um dos alimentos de maior evidência do momento por ser uma ótima opção sem glúten.

Ingredientes

  • 300g de tapioca
  • 100g de requeijão
  • 150g de Shitake
  • 150g de Tofu
  • 100g de tomate cortado em cubo
  • 10 folhas de manjericão
  • Sal e pimenta a gosto

pizza-tapioca

Modo de fazer
Em uma panela e em fogo médio refogue o shitake e o tofu com o sal e a pimenta, por 15 minutos. Retire do fogo e deixe esfriar.

Esfarele a massa de tapioca com as mãos e passe pela peneira. Em uma frigideira antiaderente modele a tapioca como uma panqueca. Quando os grãos estiverem unidos vire a tapioca. Retire do fogo ainda branquinha. Passe o requeijão pela massa .  Em seguida, adicione o shitake, o tofu e tomate. Leve ao forno quente (300 graus) por 10 minutos. Para servir adicione as folhas de manjericão. Humm…tudo de gostoso!!!

Receita/foto: Bar do Horto-RJ.