Archive for agosto \30\+00:00 2013

Queijo de Noz de Macadânia

VOCÊ SABE O QUE É AGAR-AGAR?
É a gelatina extraída através do processo de fervura das algas vermelhas (Gelidium SP,). É largamente usada na alimentação oriental e ganha cada vez mais adeptos no mundo todo.
O benefícios à saúde são muitos. Por conter impressionantes 94,8% de fibras solúveis, o consumo frequente ajuda a regular o funcionamento do intestino.

Ingredientes
1 e 1/2 xícara (chá) de água mineral
5 colheres (chá) de ágar-ágar em pó
1/2 xícara (chá) de noz de macadâmia ou amêndoa crua
Suco de 1 limão (e isso é meio gosto, depende do limão, etc.)
1 colher (chá) de sal
1 colher (chá) de levedo de cerveja
1 colher (sopa) de azeite
QUEIJO VEGETAL (1)
Modo de fazer
Bata a castanha com sal, levedo de cerveja  no liquidificador até virar um pó fino. Misture a água com o ágar e ferva por uns dois minutos, mexendo. Ligue o liquidificador de novo, adicione o azeite e o ágar recém-tirado do fogo (tem que se rápido, ágar endurece rápido), bata tudo, vai acrescentando o limão e prova. Coloque num pote redondo untado com azeite e deixe em geladeira até endurecer. Pode ser cortado em fatias ou ralado em tiras. Hummm…tudo de gostoso!!

QUER MAIS?
1. Livre de crueldade. Sua produção não envolve a morte de animais
2. Ajuda a regular o intestino
3. Ajuda a emagrecer
4. Não altera o sabor dos alimentos
5. Tem melhor custo-benefício (rende muito mais)
6. Não derrete à temperatura ambiente
7. Poder gelificante dez vezes maior
8. Quase totalmente composta de fibras alimentares (94,8%)
9. Livre de corantes e aditivos químicos
10. Versátil, serve tanto para doces quanto para salgados

Fonte: Zona Cerealista

Açúcar demais dá mau humor…

Açúcar demais dá mau humor e deixa o raciocínio lento

AÇUCARSe em pequenas pitadas o alimento acalma e oferece energia, exagerar no seu consumo pode prejudicar seu cérebro. Em largas quantidades, porém, transforma-se em algo enjoativo e até perigoso. Cabe a você defini-lo do melhor jeito para sua vida.

Tipos de doçura

Cada um dos açúcares tem suas particularidades. Veja abaixo

1 – Frutose 
Adoça como poucos. Por isso, faz sucesso estrondoso na indústria.
Onde está: frutas, mel, xarope de milho, bebidas industrializadas.
2 – Lactose 
É composto de moléculas de glicose e sacarose. Muita gente tem dificuldade para digeri-lo.
Onde está: leite e seus derivados.
3 – Sacarose
Trata-se do resultado da união entre glicose e frutose.
Onde está: os açúcares refinado, mascavo e cristal são as principais fontes.
4 – Glicose 
Conhecida por ser a partícula mais usada pelas células para obter energia. É um marcador para o diabete.
Onde está: frutas, açúcar de mesa.

Fonte: revista Saúde Ago/12.

Como passar corretamente o creme no rosto

Você sabe passar corretamente o creme no rosto? A forma de aplicar o creme faz uma grande diferença em seu efeito e pode até mesmo potencializar os ativos presentes na fórmula, alerta a dermatologista Márcia Purceli.

Creme rosto 1De acordo com a esteticista Ellen Moraes, a dica é começar pela região dos olhos e, antes de aplicar o produto, fazer uma massagem circular em volta dos olhos para estimular o sistema linfático. Na hora de aplicar o produto, não é recomendável aplicar muito já que a pele nesse local é bastante fina e ressecada e, quanto menor a quantidade, maior a absorção. A dica, nesse caso, é colocar pequenas gotas no dorso da mão e espalhar de fora para dentro, com movimentos leves que estimulam o sistema linfático, ativam a circulação e melhoram as olheiras.

Depois, ao aplicar o creme no rosto, os movimentos devem ser feitos na direção dos músculos, como mostra o infográfico abaixo. No pescoço, pode parecer estranho, mas se o objetivo é melhorar a circulação, o correto é passar o produto de cima para baixo – dessa maneira, o sistema linfático é estimulado, o tônus muscular melhora e isso reflete na flacidez da pele.

Creme rostoHá ainda diferenças na consistência dos produtos. Por exemplo, no caso dos cremes e cremes-gel, a textura é mais encorpada e é necessária uma espátula ou um dos dedos para aplicar já que eles são mais difíceis de serem espalhados e absorvidos pela pele. No caso dos produtos em leite, loção ou sérum, a textura é mais liquida e leve e, por isso, são indicados para pessoas que têm a pele oleosa.

Geralmente, os ativos dos cremes antirrugas demoram de 3 a 6 meses para darem resultado e, por isso, é preciso ter paciência para começar a ver os primeiros sinais de firmeza na pele. Além disso, o resultado também interfere na luminosidade e brilho da pele, que fica mais viva.

De acordo com a dermatologista Márcia Purceli, os homens também precisam ter cuidados com a pele. Geralmente, eles não gostam de produtos muito pesados e, por isso, preferem os multifuncionais como, por exemplo, um pós-barba que tenha proteção solar, anti-idade e outros efeitos.

Os cremes anti-idade, inclusive, podem ser divididos em dois tipos: os preventivos, mais leves e com FPS de 15 a 30, e os mais intensivos, sem proteção solar, mas com maior concentração de ativos e cheiros mais fortes.

Para pessoas com mais de 50 anos de idade, os mais pesados e com hidratação mais profunda são os mais indicados já que nessa fase a pele costuma ser mais ressecada.

Fonte: G1/Bem Estar – 08/08/13

 

 

Granola sem glúten e açúcar (Lucelena Melo)

Comece seu dia cheio de energia e bem alimentado.  Prepare sua própria Granola – uma excelente opção para o café da manhã.

 A criatividade é o principal ingredientes para uma alimentação nutritiva, saborosa que agrade a todos os sabores, aromas e gostos.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Ingredientes

Guinua em flocos, amaranto em flocos, uva passas, semente de chia, flocos de arroz, coco, castanha de caju, flocos de milho. Pode adicionar os outros ingredientes de sua preferência. Misture tudo e sirva com leite, iogurte ou pura.  Humm…tudo de gostoso!!!

Receita/foto: Lucelena Melo

Queijo de castanha-do-pará (sem lactose)

A castanha-do-pará fonte de selênio, um mineral altamente antioxidante que garante a longevidade,  ajuda no funcionamento da tireoide e no combate a doenças cardiovasculares e obesidade.

Ingredientes

  • 1/2 copo de castanha-do-pará
  • 1 colher sopa de azeite extra virgem (ou óleo de gergelim torrado)
  • 1 colher de chá de levedo de cerveja sem glúten
  • 1 ½ copo de água
  • 4 colheres de chá de ágar-ágar
  • 1 colher de chá de sal grosso triturado
  • 2 colheres de chá de gergelim branco cru
  • Suco de um limão
  • Massala à vontade

Queijo de amendoas

Modo de fazer
Deixe as castanhas de molho por 24 horas em um copo e meio de água. Depois, bata no liquidificador por cinco minutos, até virar um leite. Adicione o levedo de cerveja, o sal e a massala e bata novamente até misturar bem as especiarias. Coloque o leite de castanhas, o ágar-ágar e o gergelim em uma panela média. Ferva por dois minutos em fogo médio, sem deixar empelotar. Misture o suco de limão e o azeite. Transfira para um recipiente e leve à geladeira por cerca de quatro horas ou até que fique bem firme. O queijo tem validade de quatro dias e deve ser mantido coberto e refrigerado.

Dicas: Para compor a massala, misture temperos diversos, como orégano, manjericão, hortelã, alho-poró ou cebolinha picada, conforme sua preferência.

Fonte: Martha Tatini, eco chef de Gastronomia Orgânica e professora e mestre em Educação Alimentar e Ambiental, especializada em gastronomia natural, ayurvédica e orgânica.

Mousse de Vinho – sem lactose (Lucelena Melo)

Ingredientes

  • 1 Lata de leite condensado de soja
  • 1 Lata de creme de leite de soja
  • 1/² Lata de vinho tinto seco
  • 2 Caixas de gelatina diet de uva
  • 2 Xícaras (chá) de água

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Modo de fazer

Dissolva a gelatina na água quente. Deixe esfriar e reserve.

Coloque no liquidificador o leite condensado, o creme de leite e o vinho, bata ficar uma mistura homogênea. Em seguida acrescente a gelatina e bata mais até ficar uniforme.  Coloque na forma e leva a geladeira por 3 horas.

Calda: coloque em uma panela 1 xícara (chá) de vinho tinto e 5 colheres de açúcar mascavo e deixe ferver em fogo baixo até a consistência de calda. Coloque por sobre a mousse . Sirva aos amigos.  DIVINO!!!

Receita/foto: Lucelena Melo

Cookies de Guinua – sem glúten (Lucelena Melo)

Cookies sem lactose, glúten e açúcar. Ideal para o café da manhã, lanche da tarde e da escola. Fácil de fazer, nutritivo e saboroso.

Ingredientes

  • 3 xícaras (chá) de farinha de guinua
  • 1 e ¹/² xícara (chá) de uva passas
  • 3 colheres (sopa) de gee ou manteiga de leite (temperatura ambiente)
  • 2 colheres (sopa) de xerém de caju
  • 2 colheres (sopa) de semente de gergelim sem casca
  • 2 colheres (sopa) de cacau em pó
  • 1 colher (café) de canela em pó
  • 1 colher (café) rasa de bicarbonato de sódio
  • 3 colheres de linhaça dourada (hidratada por meia hora)
  • 300 ml de água

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Modo de fazer

Primeiro coloque a linhaça para hidratar por meia hora na água. Depois bata no liquidificador até ficar homogênea. Numa bacia misture os outros ingredientes e adicione a linhaça e mexa até a massa ficar homogênea. Se precisar acrescente mais água. Forma untada e leve ao forno quente 180ºC por 40 minutos. Rica em fibras, proteínas, ferro e cálcio. HUMM…tudo de gostoso!!!

Receita/foto: Lucelena Melo

Caldo Verde de Batata-doce, Agrião e Talos

A batata-doce e o inhame têm alto teor de carboidrato, vitaminas do complexo B e ajudam na limpeza do sangue. O agrião tem ação expectorante e descongestionante. É ideal para combater a gripe e problemas respiratórios.

Ingredientes

  • 1/2 kg de batata-doce
  • ½ kg inhame
  • 2 litros de água
  • 2 colheres de sopa de azeite
  • 1 colher de óleo de gergelim torrado
  • 1 alho-poró em fatias bem finas
  • 1/2 colher de chá de salsinha
  • ½ talo de alho poro
  • ½ maço de agrião picado
  • Talos de brócolis ou beterraba em fatias finas
  • Pimenta rosa
  • Sal marinho

Caldo verde

Modo de fazer

Coloque os inhames inteiros para cozinhar. Retire a casca e bata o inhame com água no liquidificador. Em seguida, cozinhe a batata-doce junto com a casca, e bata também. Coloque o azeite e doure o alho, o alho-poró e os talos em fogo brando, até ficarem quase caramelizados. Acrescente o inhame e a batata-doce batida. Deixe ferver em fogo médio. Quando estiver grosso, jogue o agrião e desligue. Acerte o sal. Sirva com pimenta rosa e um toque de óleo de gergelim torrado. Humm…tudo de gostoso!!

Fonte: Martha Tatini – eco chef de Gastronomia Orgânica e professora e mestre em Educação Alimentar e Ambiental, especializada em gastronomia natural, ayurvédica e orgânica.

Fibromialgia, saiba como identificar e tratar

Apesar de atingir entre 2% e 5% da população mundial,a fibromialgia é definida não como uma doença, mas uma síndrome (conjunto de sintomas), um processo não inflamatório e crônico, na qual a maior queixa é uma dor que não tem parada. Ora atinge o pescoço e os braços, ora a coluna e as pernas. Resumindo: o paciente sente dores no corpo todo, as quais não consegue definir direito. “Às vezes, a dor é percebida como uma sensação de peso numa parte do corpo. Em outras, compara-se a um forte aperto, uma queimação, um ardor”, define a reumatologista Evelin Goldenberg. Além da sensação dolorosa, podem aparecer outros sintomas como formigamento, irritabilidadeenxaqueca, cólon irritávelpernas inquietas e distúrbios do sono.

fibromialgia

Evelin relata que “Diversos estudos mostram que os sintomas clínicos parecem ser decorrentes de alterações dos mecanismos que modulam a dor, presentes no sistema nervoso central de indivíduos geneticamente predispostos. Recentes pesquisas mostram que muitos pacientes com fibromialgia têm familiares com o mesmo problema”. O neurologista Leonardo Lourenço também aponta outros dados: “Existem indícios de que os mecanismos de percepção da dor estão ligados a neurotransmissores químicos no sistema nervoso e nos músculos. Tais mecanismos podem ser influenciados pelo excesso de condicionamento muscular ou a falta dele (sedentarismo), por fatores hormonais e por alterações do estado emocional e psicológico da pessoa.

Para os médicos, nem sempre é fácil chegar a um veredicto. “O diagnóstico da fibromialgia é clínico, pois os exames complementares, laboratoriais ou de imagem, são absolutamente normais. Ele se baseia na presença da dor difusa, pelo corpo todo, por mais de três meses, e no reconhecimento pelo médico de 18 pontos predefinidos que sejam dolorosos à pressão dos dedos”, pelos menos em 11 deles, enfatiza Evelin.  Os sintomas da fibromialgia facilmente são confundidos com os de outras doenças ósseas ou de lesões de músculos ou tendões. Entre essas doenças estão: osteoartrose, lesões por esforços repetitivos ou distúrbios osteomusculares (LER/DORT), artrites reumatóides, bursites, tendinites.

Fonte: Revista viva Saúde/agosto 2013.

Os Minerais são essências para o corpo

sais mineraisOs sais minerais são essenciais para prevenir anemias, doenças dos ossos, cãibras e fraqueza muscular.

Os minerais estão presentes na terra, na água e em todas as plantas, e participam de funções importantes no organismo, como a firmeza dos ossos, a transmissão dos impulsos nervosos, o controle da pressão arterial, a contração muscular e a temperatura corporal.

A deficiência pode causar problemas de saúde, como a falta de cálcio prejudica os ossos, aumentando o risco de osteoporose, a deficiência de ferro leva à anemia.

Mas, o corpo não produz os minerais. Para garantir a quantidade diária necessária ao organismo é necessário ter uma alimentação variada e balanceada. Ela é quem vai fornecer todos eles:

1. Cálcio atua na formação de tecidos, ossos e dentes: participa da contração muscular: auxilia o sistema nervoso e age na coagulação do sangue e oxigenação dos tecidos.  A deficiência provoca deformação e problemas ósseos. Fontes: vegetais verde-escuros, chicória e leguminosas.

2. Cloro é um componente do ácido gástrico; ativador de enzimas – substâncias que promovem as reações químicas no corpo; e é um regulador do equilíbrio ácido. Há pouca chance de deficiência. Fonte: sal.

3.Cromo está associado ao metabolismo da glicose, pois potencializa a ação da insulina. No caso de deficiência, a pessoa cria resistência à insulina. Fontes: óleo de milho, cereais integrais e levedo de cerveja.

sais-minerais4. Cobalto essencial para função normal das células da medida óssea, dos sistemas nervoso e digestivo. A deficiência é rara, ocorre quando há falta de vitamina B12. Fonte: praticamente todos os vegetais.

5. Cobre participa da formação dos ossos; e realiza a síntese do colágeno e dos glóbulos vermelhos no sangue. Deficiência é rara. Fontes: cereais integrais, leguminosas e frutas secas.

6. Ferro Mineral presente nos glóbulos vermelhos. Transporta oxigênio e ajuda a retirar energia dos alimentos. Deficiência – causa anemia. Fontes: leguminosas, vegetais verde-escuros, melado, frutas secas e amaranto.

7. Flúor componente de estrutura dos ossos e dos dentes. Deficiência – deformações ósseas. Fontes: chás, água, e sal fluorados.

8. Fósforo faz parte de estrutura de ossos e dos dentes. Deficiência – não ocorre desde que os níveis de proteína e cálcio estejam adequados. Fontes: amaranto, quinua, aveia e trigo sarraceno.

9. Iodo regula as funções da glândula tireoide. Deficiência – bócio, debilidade mental e alterações no sistema reprodutor. Fontes: sal iodado e algas marinhas.

10. Magnésio mantém o nível do cálcio nos ossos e ajuda o intestino. Deficiência é rara, mas o uso de medicamentos como diuréticos e laxantes podem prejudicar a absorção. Fontes: castanha-do-pará e aveia.

11. Manganês é um antioxidante essencial na formação óssea e no metabolismo de carboidratos, aminoácidos e colesterol. A deficiência é pouco provável. Fontes: milho cozido, farelo de aveia e farinha de trigo integral.

12. Potássio participa das contrações musculares; atua em conjunto com o sódio e é importante para a condução do estímulo nervoso. A deficiência é rara, mas, na falta, pode ocorrer fraqueza e alterações nos batimentos cardíacos. Fontes: banana desidratada, feijão preto, lentilha e melado.

castanhas13. Selênio também é importante para a tireoide. O perigo está no excesso de selênio, que pode causar uma intoxicação. Fontes: a maioria dos alimentos naturais e frescos, mas principalmente na castanha-do-pará.

14. Sódio participa das contrações musculares e dos impulsos nervosos; regula o Ph e o volume dos líquidos corpóreos. A deficiência é rara. Fontes: praticamente todos os alimentos naturais.

15. Zinco participa do sistema imune e tem ação antioxidante. A deficiência pode ser provocada por má alimentação ou cirurgias. Os efeitos dela são retardo de crescimento nas crianças, lesões de pele, diarreia, queda de cabelo, perda de apetite e do paladar. Fontes: shitake seco, feijão branco, lentilha, farelo e gérmen de trigo.

Fonte: Revista dos Vegetarianos março/2013.