Archive for dezembro \30\UTC 2013

Torta de frutas frescas

Não sabe o que fazer de sobremesa para a virada do ano?

Veja que delícia de torta de frutas frescas –  PARA TODOS OS GOSTOS E SABORES –

Fácil de fazer, deliciosa, nutritiva e sabor de quero mais, além de saudável!! Bon appétit!!

OPÇÃO 1

torta frutaOPÇÃO 2

torta de frutas

 

 

Farofa de talos de couve e casca de banana

Farofa com casca de banana ajuda o bom funcionamento do organismo 

A casca da banana, parte da fruta que é rica em fibras, substâncias importantes para o bom funcionamento intestinal.

É preciso lavar bem as cascas e talos a serem utilizados. Dê preferência aos orgânicos, pois as cascas de alimentos cultivados com agrotóxicos acumulam o veneno em sua superfície.

A couve orgânica é uma ótima fonte de vitaminas A e C, além de potássio. Possui cálcio, ferro e folato, assim como uma série de fitoquímicos, como a luteína, que melhora a visão e combate o câncer. Os talos de couve são muito utilizados na medicina popular para aliviar dores estomacais.

Ingredientes

  • 1 colher (sopa) de óleo de girassol
  • Azeite de oliva extravirgem a gosto
  • 2 xícaras (chá) de farinha de mandioca tostada
  • Talos de um maço de couve orgânica picados
  • Casca de duas bananas orgânicas picadas
  • 2 colheres (sopa) de uva passas escura
  • Temperos a gosto: sal, louro em pó, coentro, salsinha, pimenta dedo-de-moça

 Fafora de casca de banana

Modo de fazer

Colocar o óleo numa panela. Juntar as cascas de banana e os talos e refogar até ficarem macios. Juntar a farinha de mandioca, as uva passas e os temperos de sua preferência. Desligar o fogo e regar com um pouco de azeite extravirgem. Servir quente. Humm…tudo de gostoso!!

Fonte: Juliana de Paula Sousa é pedagoga formada pela USP (Universidade de São Paulo) e tem especialização em terapias vibracionais pela Unifran (Universidade de Franca) e plantas medicinais pela Ufla (Universidade Federal de Lavras).

Arroz aromático com amêndoas torradas e passas

Ingredientes

  • 2 ½ colheres (sopa) de óleo de milho ou girassol
  • ½ xícara (chá) de amêndoas sem pele, cortadas em pedaços
  • 2 cebolas médias, picadas
  • 2 dentes de alho picados
  • 1 colher (chá) de canela em pó
  • 1 pitada de cardamomo moído (opcional)
  • 3 cravos-da-índia
  • 1 ½ xícara (chá) de arroz basmati (ou arroz comum)
  • 3 xícaras (chá) de caldo de legumes
  • ½ xícara (chá) de uva passa preta, sem sementes
  • Sal a gosto
  • Salsinha picada a gosto

Arroz com amendoas

Modo de fazer

Em uma panela, aqueça 1 ½ colher (sopa) do óleo e frite as amêndoas por 3 a 5 minutos, mexendo com uma espátula, até que fiquem douradas por igual. Retire com uma escumadeira e deixe escorrer sobre papel-toalha. Adicione o óleo restante na frigideira e refogue a cebola por 10 minutos, mexendo de vez em quando, até ficar ligeiramente dourada. Junte o alho, a canela, o cardamomo e os cravos e refogue por mais alguns minutos. Acrescente o arroz e misture bem. Junte o caldo e tempere. Deixe ferver em fogo alto, abaixe o fogo, tampe e cozinhe por 15 a 20 minutos ou até o arroz fica macio. Retire do fogo e acrescente as passas e a salsinha. Solte com um garfo e sirva.

Fonte: http://receitas.ig.com.br

Creme de abóbora com canela e gengibre

Creme de abóbora com canela e gengibre aumenta a imunidade e levanta o astral

A abóbora é utilizada de forma integral no creme. A casca é rica em fibras, e as sementes têm antioxidantes. Já  o gengibre aumenta a imunidade e ajuda a prevenir gripes e resfriados, enquanto a canela dá um estado de alegria, por conter triptofano, que age na produção da serotonina.

Ingredientes orgânicos

  • 1 kg de abóbora
  • 2 litros de água
  • 3 colheres de sopa de azeite
  • 1/2 colheres de chá de gengibre fresco ralado
  • 3 folhas de louro
  • 4 canelas em pau, com casca
  • Sal marinho agosto

creme de abobora e gengibri

Modo de fazer
Coloque a abóbora com casca e sementes, cortando em seguida a polpa em cubos. Adicione o azeite. Acrescente a abóbora e o gengibre. Junte a água e as folhas de louro e deixe ferver em fogo médio. Deixe cozinhar em fogo baixo durante 20 minutos, até a abóbora ficar tenra. Retire as folhas de louro. Bata a mistura até ficar um creme homogêneo. Retorne ao fogo para aquecer ligeiramente. Ajuste o sal. Para servir, coloque um pau de canela em cada prato.

Fonte: Martha Tatini é eco chef de Gastronomia Orgânica e professora e mestre em Educação Alimentar e Ambiental, especializada em gastronomia natural, ayurvédica e orgânica.

Exagerou na ceia? Conheça alimentos para desinchar

Retenção de líquido pode ser consequência de uma dieta com excesso de sódio. Para diminuir inchaço, o ideal é consumir comidas que estimulem os rins. Tudo que estimula o trabalho dos rins contribui para reduzir a retenção de líquido. É o caso de água, chás, vegetais e alimentos diuréticos. Praticar atividade física também ajuda. “Exercitar-se é a melhor maneira de aumentar o fluxo nas veias e vasos linfáticos, propiciando a eliminação do excesso de liquido”, diz diz Luciano Giacaglia, endocrinologista do Hospital Alemão Oswaldo Cruz.

abacaxi-2013-29-10-size-620Tanto a casca quanto a polpa do abacaxi são ricas em uma substância chamada bromelina, que tem ação diurética. O alimento, portanto, ajuda o rim a trabalhar e a expulsar do organismo sódio, glicose e líquido retido. “Uma pessoa que deseja diminuir o inchaço pode tanto comer a polpa da fruta quanto fazer um chá com a sua casca”, diz o nutrólogo Celso Cukier.

modelo-copo-agua-renato-dutra--size-620

O excesso de sódio no organismo aumenta a quantidade de líquido retido nos vasos sanguíneos, o que dá o aspecto de inchaço. Tanto o sódio como o líquido acumulado são expelidos pelos rins, mas o sódio demora até três dias para ser eliminado do organismo. Por isso, tudo o que ajuda os rins a trabalhar de forma mais intensa é importante para reduzir o inchaço. “A água e outros líquidos que não contenham sódio não só estimulam o trabalho dos rins, mas também diluem o sódio, reduzindo a retenção de líquido”, explica Celso Cukier, nutrólogo do Hospital Albert Einstein.

melancia-viver-bem-620-size-620Essas frutas não têm ação diurética como o abacaxi, mas, por serem abundantes em água, ajudam a hidratar o corpo e a diminuir o inchaço. “Como o sódio retém o líquido que já está no corpo, é preciso reidratar o organismo”, diz o nutrólogo Celso Cukier. “Além disso, aumentando a hidratação, você ajuda a diluir o sódio e a fazer com que o rim o elimine do corpo.”

vegatais-frutas-legumes-20130504-size-620Verduras, legumes e frutas contêm potássio e magnésio, nutrientes capazes de contrabalancear o efeito do sódio no organismo, explica Luciano Giacaglia, endocrinologista do Hospital Alemão Oswaldo Cruz. Além disso, os vegetais são ricos em fibras e em água, dois compostos que ajudam a diminuir a retenção de líquido. “O ideal é consumir esses alimentos crus, pois se forem refogados terão a adição de alguma gordura, o que dificulta a digestão”, diz o nutrólogo Celso Cukier.

alecrim-20132012-size-620As ervas, como alecrim e manjericão, podem ajudar a reduzir a retenção de líquido por dois motivos. O primeiro é pelo fato de possuírem compostos chamados fenólicos, que ajudam a atenuar o aspecto de inchaço. Além disso, as ervas podem substituir o sal no tempero dos pratos, reduzindo a ingestão de sódio e, consequentemente, o risco de acúmulo de líquido no corpo.

xicara-de-cha-size-620O chá, assim como a água, ajuda a reidratar o corpo quando há retenção de líquido, além de estimular o rim a trabalhar de forma mais eficiente para expulsar o sódio do corpo. Alguns chás, como o preto, têm mais efeito diurético por conter cafeína. “Além disso, as ervas aromáticas são ricas em fenólicos, compostos que reduzem o acúmulo de líquido”, explica o endocrinologista Luciano Giacaglia.

Fonte: http://www.veja.com.br/nutrição

Salada desintoxicante

Para deixar a alimentação mais saudável incremente as saladas acrescentando complementos de diferentes texturas e sabores. Tente novos molhos, azeitonas, grãos torrados, palmito, mini milho,tomate seco, nozes… A regra é: quanto mais variedade, melhor!

Ingredientes

  • 8 folhas higienizadas de chicória frise
  • 8 folhas higienizadas de alface mimosa
  • 2 rabanetes laminados
  • 4 alcachofras em conserva cortadas ao meio
  • 4 colheres (sopa) de beterraba ralada finamente
  • 4 colheres (sopa) de cenoura ralada finamente
  • 2 colheres (sopa) de broto de alfafa
  • 8 tomates cerejas cortados ao meio
  • 2 colheres (sopa) de raspas de ricota defumada
  • 6 colheres (sopa) de semente de girassol sem casca
  • 2 colheres (sopa) de shoyu natural suave

salada_desintoxicante

Modo de fazer

Preaqueça o forno a 180 graus. Em uma assadeira, coloque as sementes de girassol e misture com o shoyu. Leve ao forno por 5 min, retire, deixe esfriar e reserve. Em um prato fundo coloque os ingredientes harmoniosamente. Salpique com as sementes de girassol tostadas ao shoyu e sirva. As folhas verdes podem previnir diversas doenças como diabetes e câncer.

Fonte: Revista Vivasaúde

Rabanada vegana


24_bemviver_web02
Fonte: http://www.veggietal.com.br