Archive for outubro \14\UTC 2013

Salada de Alface, Pera e Pesto de Hortelã

O alface tem efeito calmante e relaxante que ajuda em casos de insônia. Possui uma substância chamada lactucina que ajuda a combater a ansiedade

Ingredientes

  • 2 pés de alface
  • 150 g de queijo fresco cortado em cubinhos

Pesto

  • 2 maços de hortelã
  • ½ maço de salsinha
  • ½ xícara (chá) de azeite
  • 1/3 de xícara (chá) de queijo parmesão ralado
  • Sal a gosto

Pera

  • 2 peras
  • 1 colher (chá) de açúcar
  • 2 paus de canela

salada_de_alface_1

Modo de fazer

Prepare o pesto de hortelã batendo a hortelã, a salsinha, o azeite, o queijo parmesão e o sal no liquidificador até obter uma consistência pastosa, e reserve. Lave e seque as folhas de alface. Descasque e corte as peras ao meio e retire as sementes. Ponha-as em uma panela com água fria e junte o açúcar e a canela. Cozinhe até que as peras fiquem macias, porém, firmes, al dente. Escorra e fatie as frutas. Disponha as alfaces no fundo do prato e espalhe o queijo e as fatias de pera. Regue com o pesto de hortelã e sirva em seguida. Leve, nutritiva e saborosa para servir como entrada. Humm….tudo de gostoso!!!!

Fonte:  Revista VivaSaúde Especial Ansiedade

Anúncios

Creme de abacate com leite de castanha-do-pará (sem lactose)

Além de saboroso, é uma receita viva, ou seja, não vai ao fogo. Humm…tudo de gostoso!! Os alimentos vivos preservam sua estrutura molecular e por isso são ricos em vitaminas, sais minerais e outras substâncias altamente nutritivas.

A castanha-do-pará é rica selênio, antioxidante que ajuda a limpar as células. Contém também vitaminas E e B1, que darão muito energia para garotada.

O abacate possui beta-sitosterol, uma substância que bloqueia as inflamações

Ingredientes

  • 1 abacate bem maduro
  • 1 copo de leite de castanha-do-pará
  • 1 limão
  • 3 colheres de uva passa branca hidratada (pode usar açúcar mascavo orgânico)

Creme de Abacate

Modo de fazer
Deixar as castanhas de molho 24 horas antes. Utilizar 250 g de castanhas para 500 ml de água filtrada.
No dia seguinte, bater as castanhas com a água do molho e, se quiser, coar.
Bater o abacate, o suco de limão e o leite de castanhas com a uva passa e servir bem enfeitado com frutas. Bon appétit!!

 

Fonte: Marta Tatini, eco chef de Gastronomia Orgânica e professora e mestre em Educação Alimentar e Ambiental, especializada em gastronomia natural.

Organização Mundial da Saúde – Dicas de reeducação alimentar

As quatro regras da Organização Mundial da Saúde:

  • Diminuir a ingestão de gorduras saturadas
  • Aumentar a ingestão de fibra alimentar
  • Limitar a ingestão de açúcar e sal
  • Aumentar a ingestão de água durante o dia.

EVITAR

– Alimentos ricos em gorduras saturadas: iogurte integral e leite integral, manteiga, queijos amarelos, sorvete, biscoitos recheados, chantilly, carnes vermelhas (cortes mais gordos) , alimentos embutidos como salsichas, linguiça, salame e presunto, pele de frango.

– Alimentos ricos em sal: macarrão instantâneo, alimentos congelados, tabletes de caldo (carne, galinha, legumes), sopas instântaneas, pão francês, batatinhas fritas e biscoitos salgados industrializados, queijos amarelos (parmesão principalmente), alimentos enlatados, shoyo, refrigerantes zero.

– Fontes de açúcar: doces em geral, produtos de padaria (até mesmo os salgados), ketchup, molho de tomate e molho pronto para saladas, balas, sucos industrializados.

INCLUIR

– Alimentos fontes de fibras: aveia, quinoa, chia, farinha integral (pães e massas integrais), arroz integral, cereais matinais que tenham o valor de fibra semelhante à quantidade de fibra da aveia, hortaliças (folhas verdes), legumes (tomate, cenoura, beterraba), frutas e leguminosas (feijão, grão-de-bico e lentilha).

Bolinho de arroz integral, inhame, biomassa e quinoa (sem glúten)

Arroz integral compõe massa de salgadinho saudável para crianças – FELIZ DIA DAS CRIANÇAS!

O arroz integral traz diversos benefícios para o corpo. Ele combate a obesidade infantil, pois as fibras ajudam a absorver a glicose e os lipídios.

A quinoa, grão originário da Bolívia, possui proteína de alta qualidade, comparado aos benefícios do leite materno. Conta também com vitaminas B1, B2, B3, C, E, magnésio, potássio, ferro, zinco e manganês.

A biomassa, alimento produzido a partir da banana verde, que também colabora para a redução de peso e colesterol. Também controla a quantidade de açúcar no sangue. Já o inhame fortalece o sistema imunológico.

Ingredientes

  • 100 g de arroz integral cozido
  • 100 g de inhame cozido e amassado
  • 100 g de quinoa cozida
  • 500 g de banana bem verde para a biomassa
  • 100 g de farinha de grão-de-bico (ou de fubá)
  • 20 g de alho-poró cortado bem fino
  • 50 ml de óleo de gergelim torrado
  • 100 ml de azeite extravirgem
  • Temperos: noz moscada, salsinha, sal de ervas a gosto

Bolinho de arroz

Modo de fazer da biomassa
Colocar as bananas verdes inteiras e lavadas em uma panela de pressão com a água já fervendo. Cozinhar por de 10 a 15 minutos, até ficar cozida, mas firme. Retirar com cuidado e, ainda quentes, separar a polpa (biomassa) da casca. Depois, colocar em um processador e bater até formar uma massa.

Modo de fazer do salgadinho
Misturar todos os ingredientes e os temperos. Fazer bolinhas e passar na farinha de grão-de-bico. Dourar na grelha com azeite bem de leve e se precisar colocar no forno médio a 180 graus para terminar de assar. Humm…tudo de gostoso!!!

Fonte: Martha Tatini, eco chef de Gastronomia Orgânica e professora e mestre em Educação Alimentar e Ambiental, especializada em gastronomia natural.